segunda-feira ,20 novembro 2017
Home / Notícias / Vereadores aprovam nota de repúdio contra Posto Chermont

Vereadores aprovam nota de repúdio contra Posto Chermont

Continua repercutindo na Câmara Municipal de Belém o episódio ocorrido no último dia 11 de outubro, em que o vereador Sargento Silvano (PSD) foi ofendido pelo proprietário do  posto de gasolina Chermont II, Mário Chermont, ao solicitar a nota fiscal  referente ao abastecimento do seu veículo naquele estabelecimento.

Durante a sessão ordinária desta terça-feira,17, por 20 votos a favor e um contra,  foi aprovado requerimento em que o vereador solicita nota de repúdio aos funcionários e ao proprietário do posto Chermont II, localizado na avenida Dr.Freitas, esquina com a Duque de Caxias.

No documento, Silvano relata que ao abastecer seu carro, solicitou a nota fiscal da compra da gasolina, que é direito de todo consumidor. “Para minha surpresa, o pedido foi negado e ao questionar o suposto dono do estabelecimento, ele  respondeu que eu procurasse meus direitos”, conta o vereador.

Além do comportamento arrogante, desrespeitoso e grosseiro, segundo o vereador Sargento Silvano, Mário Chermont, demonstrando total descontrole emocional, o ofendeu com palavras  de baixo calão.  “Como cidadão e como parlamentar não vou parar de fazer a boa política e nem de fiscalizar quem quer que seja na prestação de serviços, de forma a defender de forma firme a sociedade e o povo de Belém”, afirma Silvano, que solicitou providências contra o posto de gasolina que está negando nota fiscal e, com isso, burlando o fisco no recolhimento do tributo devido. “Quero agradecer o apoio dos colegas vereadores que em sua maioria concordaram com meu repúdio e deixar claro que não estou generalizando e que meu requerimento tem como foco apenas um posto de gasolina, o Chemont II, e reitero que me manifestou não apenas por mim, mas por toda a Câmara Municipal de Belém que também foi ofendida pelo empresário”, concluiu.

Obras no Tapanã

De autoria do vereador Fabrício Gama (PMN) também foi aprovado na sessão ordinária desta terça-feira,17, requerimento que propõe à Câmara Municipal de Belém a criação de uma Frente Parlamentar para acompanhar o andamento da obra de duplicação da rodovia do Tapanã e Rua Yamada. A obra tem investimentos do governo do Estado, orçados em R$63 milhões, com previsão de ser concluída no prazo de 14 meses.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você pode Gostar de:

Aprovado projeto que inclui a tipagem sanguínea nas carteiras estudantis

Foi aprovado à unanimidade, na sessão ordinária desta terça feira, 31, projeto de lei de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *