Saiba o que é e como funciona o SEAM da Câmara Municipal de Belém 

O Serviço de Assistência Médica (SEAM) foi criado através da Resolução 67, de 14 de dezembro de 1976, durante a gestão do vereador Daniel Cardoso da Silva, disponibilizando o atendimento médico e de auxiliar de enfermagem a vereadores e funcionários da Casa, num espaço de saúde adaptado na sede do Legislativo Municipal.

Em 2002, na gestão do vereador Joaquim Passarinho, a CMB alugou um imóvel para o funcionamento do setor médico, ampliando as especialidades de atendimento à saúde. Em 16 de agosto de 2007, na legislatura do vereador Zeca Pirão, foi inaugurado um ambiente para a estruturação do serviço.

O SEAM funciona diariamente, de segunda a sexta-feira, atendendo servidores da CMB e seus dependentes, nas seguintes especialidades: dermatologia/clínica, odontologia, ginecologia, nutricionista, psicologia, sociologia, serviço social, além do suporte ambulatorial. 


Grupo de Apoio Institucional para Dependentes Químicos

Entre os grupos existentes na área metropolitana de Belém, encontra-se o Grupo Institucional da Câmara Municipal de Belém para dependentes de álcool e outras drogas, formalmente constituído em 13 de outubro de 2005, para o atendimento de servidores, dependentes e demais interessados.

Trata-se de um grupo organizado e coordenado por profissionais do Serviço de Assistência Médica (SEAM), que se reúne às quintas-feiras, a partir das 14 horas, na recepção do setor.  Para a sua implantação, os profissionais do serviço médico participaram de reuniões do Grupo Institucional da INFRAERO e, com base nessa referência de condução de trabalho, deram início ao Grupo da CMB que, por sua vez, referendou a implantação do Grupo Institucional da Fábrica Esperança.

As reuniões contam com a cooperação de membros de Alcoólicos Anônimos, que oferecem experiências pessoais para despertar o interesse e a consciência dos visitantes e familiares (codependentes), sobre o programa de recuperação sugerido pela irmandade, enquanto reformulação de vida. Ao participar do grupo, o indivíduo ouvirá as experiências de outras pessoas com a mesma problemática e que se encontram em recuperação, podendo se identificar e aceitar a participar da programação, numa tentativa de transformação de sua realidade.

A equipe que coordena o Grupo Institucional da CMB costuma realizar intervenções no decorrer da reunião, oferecendo um retorno verbal, conforme a sua formação profissional, ajudando o orador no processo de reflexão, estimulando-o a construção e/ou reconstrução dos aspectos prejudicados em sua vida pessoal, social, profissional, etc., possibilitando a alteração comportamental, que se reflete na mudança de estilo de vida. 

Ressaltamos que, apesar de estarem sem o uso de drogas (incluindo álcool), há 10, 20, 40 anos, os indivíduos em processo de recuperação, frequentam as reuniões dos Grupos de AA, NA e Institucionais, por admitirem que são portadores de uma doença catalogada pela Organização Mundial de Saúde, que não tem cura e, sim controle; fato que precisa ser esclarecido à sociedade para a mudança do estigma, preconceito e discriminação em torno do dependente químico em tratamento, o que leva os grupos de mútua ajuda a sugerir que se preserve o sigilo das informações e o anonimato dos participantes das reuniões. 

Esse trabalho desenvolvido pelo SEAM é um compromisso voluntário e socialmente responsável, de consciência social, resgate à cidadania, produção do bem-estar social e da qualidade de vida dos participantes, além de oportunizar vivência e experiência aos profissionais, que representam o Poder Legislativo Municipal em eventos externos, repassando informações acerca do  compromisso social da Câmara Municipal de Belém.  

O Grupo de Apoio Institucional é uma alternativa de tratamento, que vem a somar ao trabalho desenvolvido pelos órgãos oficiais e demais ações voluntárias para a transformação da realidade em torno da dependência química, considerando que o homem pode alterar a sua história como agente ativo, com poder de transformação e como multiplicador do processo de recuperação.

Grupo de Apoio Institucional para Servidores Aposentados e em processo de Aposentadoria 

Com a chegada da aposentadoria as relações de uma forma geral são vivenciadas com intensa emoção, gerando questionamentos e incertezas em relação ao futuro. 

Desde abril/2013, os profissionais do Serviço de Assistência Médica da Câmara Municipal de Belém (SEAM), desenvolvem um trabalho direcionado a esta demanda. 

Trata-se de um espaço que facilita a reflexão (dinâmicas), informação (palestras), valorização e exercício de potencialidades, estímulo ao desenvolvimento de novas possibilidades e projetos de vida, além de incentivar a convivência e a troca de experiências aos que se desvincularam de suas funções laborais, após um longo período de cooperação nesta Casa de Leis. 

As reuniões do Grupo de Apoio Institucional para Servidores Aposentados e em processo de Aposentadoria são realizadas na última sexta-feira do mês, a partir das 9 horas. 


Projeto “Viver e Trabalhar com Saúde: Ações para a Prevenção e Promoção do Bem estar do Servidor da Câmara Municipal de Belém”

Colocando em prática a primeira etapa do projeto, no primeiro semestre de 2013, a equipe técnica, profissional e de apoio do SEAM realizou uma pesquisa com os servidores da Casa, que propiciou a atualização cadastral no setor médico, o preenchimento de carteira de saúde, anamnese, carteira odontológica, mensuração da PA, glicemia, altura, cintura, avaliação nutricional, médica e odontológica dos participantes, resultando na construção do perfil do servidor, conforme a tabulação das anamneses e avaliações realizadas (resultado que será disponibilizado em anexo).  

 

Mais informações no telefone (091) 4008-2258

 

>> Acesse aqui o projeto "Viver e trabalhar com saúde: ações para prevenção e promoção do bem estar do servidor da Câmara Municipal de Belém". Uma pesquisa sobre o perfil do servidor da Câmara Municipal de Belém.