segunda-feira ,11 dezembro 2017
Home / Notícias / Simineral completa 10 anos de atuação no Pará e é homenageado na CMB

Simineral completa 10 anos de atuação no Pará e é homenageado na CMB

José Fernando Gomes, presidente do Simineral. ao lado dos vereadores Mauro Freitas e Fabrício Gama, autor da sessão especial.

Os 10 anos de atuação do Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará-Simineral foram tema da sessão especial  que homenageou a entidade na tarde desta quarta-feira,24, no plenário da Câmara Municipal de Belém. A  homenagem foi proposta pelo vereador Fabrício Gama (PMN) com a aprovação unânime dos demais vereadores.

Mais do que registrar a história do Simineral , o vereador Fabrício Gama quis, com a homenagem, chamar a atenção para o papel social do sindicato no desenvolvimento do estado. ” Precisamos valorizar a entidade que busca as riquezas do estado  e ao mesmo tempo contribui com geração de emprego e renda e como crescimento do PIB do estado e do país. Mas a grande importância do Simineral hoje, é ser interlocutor  das indústrias com o governo do estado, com os governos municipais, para que se possa discutir projetos sociais, que se traduzam em emprego e renda para nossa população”, declarou Gama.

Também participaram da sessão especial os vereadores Ígor Normando (PHS), Victor Dias (PTC) e o presidente da Câmara Municipal, vereador Mauro Freitas .” Esta sessão é de extrema importância por tratar de um segmento que praticamente sustenta o nosso estado, como comprova os resultados obtidos pelo Simineral nesses 10 anos de atuação”, destacou Mauro Freitas, que, durante o encontro, anunciou para breve a criação da Frente Parlamentar do Setor Produtivo, que será o fórum legislativo para o debate e acompanhamento dos avanços no setor.

José Fernando Gomes apresenta os avanços e realizações do Simineral no Pará, nos últimos 10 anos .

Interação social

Para o homenageado do dia, a sessão especial foi mais uma oportunidade de prestação de contas com a sociedade. ” Para nós é de uma relevância enorme estar aqui na Câmara Municipal dialogando com representantes do povo e mostrando os avanços que nós tivemos no setor mineral nos últimos dez nos, mas também pedindo aos parlamentares o apoio para que a gente possa avançar  ainda mais”, disse José Fernando Gomes Júnior, presidente do Simineral.

Durante seu pronunciamento, Fernando Gomes fez uma apresentação em vídeo e slides , resumindo a atuação da entidade nesses dez anos, com destaque para os programas sociais que vem aproximando cada vez mais o setor, da população. “Não tenho dúvidas de que a indústria mineral está muito mais próxima da população do que há algum tempo atrás e essa foi a minha missão quando fui para o sindicato. Nós sempre fizemos grandes eventos da mineração para mineradores e esquecemos que o elo mais importante de tudo isso é o povo paraense. Hoje atuamos com base num planejamento estratégico que já reformulamos até 2030 para que a gente possa continuar  interagindo e tendo essa interlocução com a sociedade”, afirmou Gomes, citando iniciativas como o lançamento do  prêmio de redação nas escolas, que já envolveu mais de 30 mil estudantes de todo o estado, o  prêmio de jornalismo que vai para a sua quinta edição, e anuário mineral, entre várias outras ações voltadas para a sociedade paraense.

Fabrício Gama destacou o papel da indústria mineral no desenvolvimento do estado.

O reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo Simineral  é  compartilhado pelos trabalhadores do setor, segundo o presidente da Federação dos Trabalhadores da Indústria dos Estados do Pará e Amapá, José Jacy Ribeiro Ayres. A Fetipa reúne hoje oito sindicatos, e representa cerca de 45 mil associados. ” O Simineral é um sindicato da classe patronal com visão muito avançada, que desde o início da gestão do presidente Fernando Gomes,mantém um relacionamento muito próximo com os trabalhadores. Para mim, capital e trabalho têm que andar de mãos dadas, então eu torço pelo sucesso e engrandecimento das empresas, porque isso significa a garantia e manutenção dos nossos empregos”, argumentou o sindicalista.

Entre as autoridades que formaram a mesa da solenidade estiveram o diretor executivo das ORM, Giovanni Maiorana, a diretora de Geologia, Mineração e Transformação Mineral da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Marily Germano, representando o secretário Adnam Demachki; o presidente da ADVD-Pará, Rubens Magno; o presidente do Sindicato dos Portos, Alexandre Carvalho;  o diretor do Instituto Brasileiro de Mineração, Raul Porto; o presidente da Federação dos Trabalhadores das Indústrias do Pará e Amapá, José Jacy Ribeiro Ayres e o diretor-superintendente do Sebrae-PA, Fabrízio Guaglianone.

 

 

Você pode Gostar de:

Reconhecimento e gratidão na homenagem da CMB aos 71 anos do jornal O Liberal

  A história do jornal O Liberal se confunde com a própria história da Imprensa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *