domingo ,23 julho 2017
Home / Vereadores / Adriano Coelho / Sessão especial para debater ar condicionado nos ônibus é aprovada

Sessão especial para debater ar condicionado nos ônibus é aprovada

Depois de um dia de debate, na sessão ordinária desta quarta feira, 17, os 28 vereadores presentes aprovaram à unanimidade o requerimento proposto pelo vereador Adriano Coelho (PDT). Uma sessão especial vai debater um assunto que ganhou muita repercussão na última semana: a implantação de aparelhos de ar condicionado nos coletivos de Belém. Adriano agradeceu a votação unânime e justificou a proposta. “Os vereadores foram expostos de forma errônea. É notória a necessidade de ar condicionado nos coletivos de Belém. O que precisamos é esclarecer as mudanças que vão acontecer com essa implantação, como o aumento da passagem. Por isso queremos chamar a população para a troca de ideias”, relatou Adriano.

A necessidade de debater o assunto teve o apoio de vereadores como Dinely que disse que o projeto de lei de autoria do vereador Dr.Chiquinho (PSOL) foi uma pegadinha para tentar jogar os parlamentares contra a população. “Somos a favor da vontade do povo. Queremos ar condicionado nos ônibus. Só temos que fazer isso com responsabilidade, com estudos de impacto, relatou Dinely. Henrique Soares (PDT) acrescentou “A população precisa ser informada que a implantação dos equipamentos vai ter custo. O gasto de combustível, por exemplo, vai aumentar em mais de 20%. Um estudo não oficial estima que a tarifa subiria pra R$ 4,85. Será que a população quer pagar isso?”, disse o vereador.

A vereadora Marinor Brito (PSOL) pontuou que não assinou o requerimento, mas que também é a favor de uma troca de ideias sobre o tema. “Vamos acompanhar como vai ser efetivada essa implantação e fiscalizar. Temos um conselho de transporte que foi eleito nesta câmara para discutir a tarifa. Vamos fazer a nossa parte de acolher a vontade do povo”, afirmou Marinor. O vereador Dr. Chiquinho completou que está feliz que a mobilização dos usuários tenha motivado os vereadores a buscarem soluções e a melhorar a qualidade de vida do povo.

A expectativa é que na sessão especial, os parlamentares já tenham em mãos o estudo técnico sobre os impactos na tarifa. Ontem, 30 vereadores protocolaram um ofício que foi encaminhado para a prefeitura de Belém. No documento, que tem a assinatura dos parlamentares, o presidente da Câmara Municipal de Belém, Mauro Freitas, relata que a legislatura visa buscar soluções de forma coletiva para a população e solicita que “por meio de órgão competente sejam feitos estudos técnicos pertinentes no sentido de viabilizar nos transportes coletivos urbanos do município de Belém, a instalação de ar-condicionado”. O ofício solicita ainda que o projeto apresentado pela prefeitura descreva de forma detalhada os impactos que possam a vir alterar a planilha tarifária.  Devem participar do levantamento, além da SEMOB, o Ministério Público, Dieese, OAB-Pa e outros órgãos que podem contribuir para o processo. “Queremos ter a certeza de que esse benefício tão esperado, não vai em contrapartida prejudicar  os usuários  no fim do mês. Nessa sessão vamos estar todos reunidos para entrar em consenso”, finalizou Mauro Freitas (PSDC).

 

Você pode Gostar de:

Aprovado projeto que regulariza transporte alternativo

Na sessão ordinária desta terça-feira, 20, foi aprovado, em 1º votação e discussão, o projeto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *