domingo ,28 maio 2017
Home / Vereadores / Celsinho Sabino / Sessão especial marca o Dia Mundial da Juventude em Belém

Sessão especial marca o Dia Mundial da Juventude em Belém

A participação cada vez maior dos jovens nos espaços de poder e decisão foi destacada na sessão especial que homenageou nesta quinta-feira,30, na Câmara Municipal de Belém, o Dia Mundial da Juventude. Com o plenário e galerias lotadas, a sessão requerida pelo vereador  Pastor França (PRB) trouxe para debate questões como criminalidade,mercado de trabalho, oportunidades e políticas públicas voltadas para os jovens.

Para o vereador França, a expressiva participação na sessão especial demonstra o interesse dos jovens nas discussões que lhes afetam diretamente, como os projetos que oferecem oportunidade de emprego e renda e de esporte e lazer, por exemplo. ” Há necessidade de políticas públicas que envolvam os jovens  em atividades positivas, que os incentivem a serem úteis para a sociedade”, disse o vereador.

A iniciativa mereceu elogios do presidente da Juventude do PRB, Iranildo Souza, que vê no debate “o reconhecimento das conquistas da juventude na história social e política do país”. Ele afirma que a prioridade para os jovens hoje é ter oportunidades de educação, trabalho, melhorias de vida. “No momento em que o poder público cria essas oportunidades, a juventude se sente valorizada”,  disse Iranildo.

Ações Positivas

O esporte como instrumento de inclusão social para a juventude de Belém foi destacado pelo secretário municipal de Juventude, Esporte e Lazer, Wilson Albuquerque Neto. O titular da Sejel disse que apesar da crise que afeta todas as cidades, a prefeitura de Belém tenta implementar ações voltadas para os jovens, através de parcerias com as mais diversas instituições, empresas, igrejas. Em fase de implementação, o secretário destacou a criação do programa de microcrédito para a juventude junto ao Fundo Ver-o-Sol, para incentivar o empreendedorismo entre os jovens; o estudo de viabilização para a junto com a Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab), obter parceria para inserção do Jovem aos programas Cheque Moradia e Minha Casa Minha Vida;   Projeto “Chefes do Amanhã”, com cursos de formação de jovens chefes de cozinha, no centro gastronômico Casa das 11 Janelas, entre outras propostas.

O trabalho realizado pela Associação Pólo Produtivo Pará – Fábrica Esperança entidade sem fins lucrativos que promove a reinserção social de egressos do sistema penal, foi apresentado durante a sessão na CMB como modelo de proposta inovadora em especial para jovens egressos, que podem recomeçar a vida de forma digna, com oportunidade de emprego, geração de renda e todos os direitos trabalhistas garantidos. ” O projeto é nosso, mas muitas pessoas ainda não conhecem o trabalho que fazemos. Por isso quero aproveitar pra dizer que estamos de portas abertas para quem quiser conhecer as atividades desenvolvidas com os egressos e com as famílias dos egressos”, declarou o diretor-presidente da Fábrica Esperança, Marcos Lopes.

A história do jovem Marcus Bittencourt, que entrou na Fábrica Esperança como egresso do sistema penitenciário e hoje trabalha como assessor da diretoria é exemplo para muitos. ” Foi graças à Fábrica Esperança que eu concluí meus estudos e pude fazer vários cursos e mudar minha vida e a vida da minha família. Por isso incentivo a todo jovem que passou pelo que eu passei que nuca desista e confie primeiramente em Deus e depois em si mesmo para conseguir ser visto com outros olhos pela sociedade”, relata Marcus.


Juventude política

Entre os mais jovens vereadores de Belém, Celsinho Sabino (PSC) destaca na juventude ” a garra, a vontade de fazer do jeito certo. Por isso me sinto honrado de fazer parte hoje de um parlamento renovado não apenas em idade, porque jovens são todas as pessoas abertas ao novo pensamento, a novas ideias”. Sabino também defende a geração de emprego e renda como a melhor opção para os jovens, mas destaca que deve haver maior incentivo ao empreendedorismo e capacitação técnica desses jovens,principalmente.

Também da “bancada jovem” da Câmara de Belém, o vereador Bieco (PR), fez um relato da sua experiência como jovem morador da periferia, com histórico de drogas na família e da superação dessa fase com muita determinação e luta. ” Acredito que eu tinha como missão viver tudo aquilo,para que depois eu mesmo pudesse atuar no combate à violência no meio em que vivia, o que fiz com minha atuação em grêmio estudantil e depois como militante político na presidência da Juventude do PSDB e mais tarde como um dos fundadores do PR em Belém. Uma luta árdua, mas compensada com os melhores resultados”, afirmou.

Você pode Gostar de:

Doação de órgãos será tema de debate na CMB

Por iniciativa do vereador Celsinho Sabino (PSC), a Câmara Municipal de Belém vai debater em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *