quarta-feira ,19 junho 2019
Home / Vereadores / PSB / Igor Andrade / Sessão especial homenageia e discute valorização de optometristas e ópticos na CMB

Sessão especial homenageia e discute valorização de optometristas e ópticos na CMB

OMS reconhece a optometria como a primeira barreira contra a cegueira evitável no mundo.

Profissionais ópticos e optometristas foram homenageados em sessão especial realizada na manhã desta quarta-feira,12, na Câmara Municipal de Belém. A iniciativa do vereador Igor Andrade (PSB) visa valorizar o trabalho do optometrista, que é o profissional da área da saúde, responsável pela avaliação primária da saúde visual e ocular. A Organização Mundial da Saúde reconhece a optometria como a primeira barreira contra a cegueira evitável no mundo.

A sessão especial homenageou também  ainda os técnicos em Óptica,profissionais  responsáveis pelo aviamento da prescrição óptica indicada pelo Optometrista ou Oftalmologista, confecção de óculos e adaptação de lentes de contato, além da elaboração de laudos técnicos de lentes oftálmicas, armações e lentes de contato entre outras atividades do segmento.

Os desafios da profissão também foram ressaltados pelo presidente do Conselho Brasileiro de Óptica e Optometria (CBOO), Ricardo Bretas, presente à sessão. Bretas apresentou um breve histórico da optometria e lembrou episódios como a participação no programa mundial de erradicação da cegueira lançado em 1998 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em que os profissionais enfrentaram a resistência dos oftalmologistas, que se recusaram a aderir ao programa caso os optometristas participassem da ação.

Bretas avalia que é preciso reconhecer o profissional óptico e respeitar os cinco anos de formação superior e mais quatro de especialização, de acordo com a área que esse profissional escolher para atuar. ” O optometrista não se limitar a passar óculos como muitos podem pensar. É ele que vai saber diagnosticar, por exemplo, anomalias de fundo de olho nem sempre perceptíveis. Nosso trabalho é avaliar, corrigir e reeducar o sistema visual, muitas vezes trazendo de volta o indivíduo para uma vida ativa”.

Igor Andrade defende a valorização e respeito aos profissionais ópticos.

Para o vereador Igor Andrade trazer o debate para a CMB é importante para dar visibilidade ao papel que esses profissionais desempenham na saúde, principalmente no Sistema Único de Saúde. Ao se referir às dificuldades enfrentadas pela categoria, o vereador fez uma analogia com a sua formação em Fonoaudiologia. ” A resistência que ópticos e optometristas enfrentam ao longo do tempo para se firmar como profissão, se compara a que nós fonoaudiólogos enfrentamos lá na origem e éramos vistos com desconfiança pelos otorrinos principalmente. No caso de vocês o embate é com os oftalmologistas, que acham que são donos absolutos da saúde visual”, declarou Igor Andrade.

Além do presidente do CBOO participaram da sessão o presidente do Conselho Regional de Óptica e Optometria do Pará, Victor Amoras Borges; os advogados do CBBO Fábio Cunha e Élida Piveta; o presidente do Sindicato dos Ópticos do Pará, Max de Jesus, a farmacêutica Brenda Batista, representando o Departamento de Vigilância Sanitária (Devisa) e os vereadores Neném Albuquerque ( ) e Moa Moraes (PSDB).

br.freepik.com

Você pode Gostar de:

Dia Municipal das Águas fará parte do calendário oficial de Belém

No dia 19 de Março passará a ser comemorado, no calendário oficial de Belém, o …

Skip to content