domingo ,28 maio 2017
Home / Vereadores / Blenda Quaresma / Sessão Especial discutiu enfrentamento da violência contra a mulher

Sessão Especial discutiu enfrentamento da violência contra a mulher


A sessão especial reuniu parlamentares, órgãos de proteção a mulher, entidades de defesa da classe, autoridades e o público em geral. O debate foi em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. O encontro, aprovado por unanimidade entre os vereadores, aconteceu na manhã desta quinta feira, 23. A proposta foi da vereadora Simone Kahwage que ao abrir a sessão relatou, emocionada, que já foi vítima de violência doméstica. “Eu escondi da minha família. A gente sempre pensa que a pessoa (agressor) vai mudar. Depois de um tempo percebi que não tinha como continuar numa relação dessa. Se eu não tomasse uma atitude, hoje eu poderia nem estar aqui. Tenham coragem, mulheres. Denunciem”, disse Simone.

Durante o discurso, a vereadora Blenda Quaresma (PMDB), lembrou que apesar dos avanços da lei Maria da Penha, o número de assassinatos e a violência contra a mulher ainda são significativos. “É muito importante estarmos debatendo isso, colocando pessoas influentes, mulheres que têm poder de mudar a realidade. Nós sofremos violência psicológica, verbal, física e somos a maioria votante, mais de 60%. Vamos nos colocar à disposição dessa multidão feminina que está desamparada”.

De acordo com o Relatório de Estatísticas da Lei Maria da Penha, do ano de 2016, elaborado pelo Ministério Público do Estado do Pará, em Belém, a violência doméstica cresceu 4% em relação a 2015. Se comparando com os dados de 2014, diminuiu 25%. Em 2016 foram computados 3.811 casos de violência doméstica em nossa cidade. A promotora de Justiça de Violência Doméstica e familiar contra a mulher, Lucinery Rezende, afirmou que Belém é referência pro Brasil, pois tem uma delegacia específica para atender mulheres 24h. “A capacitação de agentes para atender essas mulheres tem que ser permanente e diária. Esse é o nosso desafio”, contou Lucinery. Janice Aguiar, da Delegacia da Mulher, acrescentou que já existem projetos para a instalação de delegacias 24h em Ananindeua e Marituba.

Autoridades que defendem os direitos das mulheres também estiveram presentes, como a Deputada Federal Elcione Barbalho (PMDB). “Todos os dias eu vejo o quanto precisamos avançar no mundo todo. Ao mesmo tempo em que sinto tristeza de ver a realidade, sinto mais vontade de trabalhar. Temos que ter ousadia pra conseguir ganhar espaço e passar por cima do preconceito”, disse Elcione.

Ao final da sessão, a vereadora Simone Kahwage disse que o assunto voltará a ser discutido na casa em outra sessão proposta por ela. Dessa vez o tema será “Emponderamento da mulher e Políticas Públicas”. A data da sessão ainda será marcada.

Você pode Gostar de:

Sessão especial para debater ar condicionado nos ônibus está em votação

Vereadores de Belém iniciaram na manhã desta terça-feira, 16, a discussão sobre uma sessão especial …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *