segunda-feira ,20 novembro 2017
Home / Vereadores / Fernando Carneiro / Reunião debate a efetividade das políticas de assistência psicossocial

Reunião debate a efetividade das políticas de assistência psicossocial

O número de pessoas que sofre com algum tipo de transtorno mental tem aumentado consideravelmente em Belém. A despeito disso, a rede de atenção não tem se expandido para atender a demanda. A reclamação é feita pelos próprios pacientes e familiares. Para debater o tema, na tarde desta segunda feira, 16, o vereador Fernando Carneiro (PSOL) se reuniu com profissionais e usuários para juntos buscarem efetividade das políticas de assistência psicossocial.  As Secretarias Municipal e  Estadual  de saúde, não estiveram presentes na reunião. O encontro contou com participação do Conselho Regional de Psicologia, representantes da Associação Brilho e Luz, profissionais e usuários do CAPS Renascer e militantes do Movimento de Luta Antimanicomial.

O debate foi provocado pelo Movimento de Luta Antimanicomial e vários profissionais que atuam na rede de atenção aos usuários. A preocupação com relação ao tratamento aumentou após a informação do Ministério da Saúde de que retornará o incentivo aos hospitais psiquiátricos com tratamentos como eletrochoque e cirurgias invasivas  para “controlar comportamentos indesejáveis”. “Quem ganha com essa lógica hospitalocêntrica com certeza não é o usuário”, disse Fernando Carneiro. O vereador destacou também que o Pará foi o segundo estado brasileiro a extinguir os hospitais psiquiátricos e que trazer de volta esses espaços é um retrocesso à reforma psiquiátrica em curso há 30 anos que prioriza o atendimento humano, digno e antimanicomial.

Outros assuntos também foram levantados por profissionais da área. “A falta de medicamentos, de capacitação profissional, dificuldade de acesso à rede e a não expansão dos serviços prejudicam o nosso trabalho.”, destacou o psicólogo Rodolfo Valentim.

Texto: Sara Portal

 

Você pode Gostar de:

Aprovado projeto que inclui a tipagem sanguínea nas carteiras estudantis

Foi aprovado à unanimidade, na sessão ordinária desta terça feira, 31, projeto de lei de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *