domingo ,20 setembro 2020
Home / Notícias / Presidente da CMB reforça a importância da participação dos vereadores nas sessões

Presidente da CMB reforça a importância da participação dos vereadores nas sessões

O presidente da casa, vereador Mauro Freitas, pediu mais responsabilidade dos vereadores.

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira, 26, os vereadores de Belém aprovaram a inserção nos anais da casa de uma matéria publicada no Jornal Liberal de hoje que cita a falta de quórum na Câmara Municipal de Belém. O pedido foi do presidente da casa, vereador Mauro Freitas (PSDB), que lamentou que as sessões estejam sendo suspensas por não ter o número mínimo de 18 vereadores para a votação de projetos. “Todos sabem dos compromissos que assumiram quando foram eleitos e já foram avisados inclusive sobre as punições. Eu espero maturidade dos vereadores de Belém”.

No discurso no plenário da CMB, o presidente da casa, Mauro Freitas, afirmou que queria desmistificar a ideia que a população tem de que os vereadores não trabalham. Ele citou que Câmara de Belém foi a única do Brasil que abriu mão do recesso em julho e que na pandemia a Câmara foi uma das primeiras do Brasil a fazer sessões online e cerca de 70 projetos foram aprovados. “Não acho justo nós assumirmos a culpa pelos parlamentares que não vêm trabalhar, que não tem mínimo respeito pela população e não honram os votos que receberam”.

Alguns vereadores subiram à tribuna para se posicionar. Wilson Neto (PV) afirmou que os vereadores têm compromisso de estar no plenário com o objetivo de aprovar projetos em benefício da população. “Somos 35 pra representar um milhão e meio de pessoas. Temos que ter maturidade para cumprir com o compromisso que assumimos. A imagem da Câmara está sendo manchada por conta de uma minoria”.

Para Fernando Carneiro (PSOL) é uma vergonha que uma matéria dessa seja incluída nos anais da casa. “É um absurdo que isso esteja acontecendo. Tá na hora dos vereadores se conscientizarem e fazerem o seu trabalho. Não temos projeto na pauta pra votar”. Igor Andrade (SD) disse que consegue conciliar a agenda externa com a agenda da câmara e que também tem a responsabilidade de chegar cedo no plenário. “Porque os outros não conseguem se programar? É questão de respeito com a população”.

Você pode Gostar de:

Passagem Alm. Saldanha Marinho passa a se chamar Padre João Maria Van Doren

Foto: Fundação Nazaré de Comunicação Um projeto de lei de autoria do vereador Amaury da …

Skip to content