sábado ,19 setembro 2020
Home / Notícias / Presidente da CMB pede a reabertura do sistema BRT

Presidente da CMB pede a reabertura do sistema BRT

Foto: Agência Belém

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira, 22, o presidente da Câmara Municipal de Belém, vereador Mauro Freitas (PSDB), solicitou à Prefeitura de Belém e ao Setransbel, via requerimento, uma reavaliação na possibilidade de abertura do sistema BRT para os usuários de transporte público. O documento enfatiza que sejam obedecidos todos os protocolos definidos pela Organização Mundial de Saúde no sentido de prevenir a contaminação pelo Covid-19.

Mauro Freitas justificou o pedido citando a dificuldade dos usuários com a volta gradual da rotina e a redução na frota. Segundo ele, com a diminuição dos índices de contaminação pelo coronavírus muitas pessoas já voltaram as atividades e a quantidade de ônibus não tem sido suficiente para atender a demanda. “As janelas estarão abertas, será disponibilizado álcool em gel e todos terão que usar máscaras. O retorno do BRT vai facilitar a vida dos usuários”.

O presidente da CMB e autor do requerimento, vereador Mauro Freitas.

Concordando com a reabertura, a vereadora Nazaré Lima (PSOL) subscreveu o requerimento do presidente da casa. A justificativa dada por ela foi de que voltaram a funcionar diversos serviços como lojas no comércio, salões de beleza, shoppings e empresas e em contrapartida a frota de ônibus continua reduzida, visto que existe um limite de passageiros dentro dos coletivos o que torna o quantitativo insuficiente para transportar todos os passageiros.

De acordo com o Fernando Carneiro (PSOL) é fundamental garantir as condições de segurança dentro dos ônibus do BRT, visto que ele é fechado e tem ar condicionado. O vereador falou ainda da preocupação com o aumento dos índices de contaminação com a reabertura de quase todos os serviços da cidade. Carneiro também citou o sucateamento dos ônibus de Belém e os problemas constatados pelo Tribunal de Contas do Município com relação ao processo de licitação do transporte público.

Wilson Neto (PV) ressaltou que o retorno de todos os seguimentos foi avaliado com segurança pela prefeitura, diversos estudos estão sendo feitos diariamente por especialistas, além de reuniões semanais para que toda reabertura seja feita com muita responsabilidade. O parlamentar citou inclusive a preocupação com a quantidade de funcionários que retornarão ao trabalho para o funcionamento do sistema de ônibus rápido. “É preciso garantir a segurança dos trabalhadores também. Motoristas, cobradores e funcionários das estações precisam estar muito bem orientados.”

Para Pablo Farah (PL) ter acesso ao transporte público com qualidade é um direito dos cidadãos e como não pode haver aglomeração chegou o momento de liberar o BRT para atender a demanda. “O direito de ir e vi da população precisa ser garantido”. Marciel Manão (Patriota) disse que não tem sentido que os ônibus do BRT não circulem com a rotina retornando. “Se os serviços estão voltando a funcionar gradativamente, acho justo que a população possa desfrutar do transporte público com conforto”.

Você pode Gostar de:

Passagem Alm. Saldanha Marinho passa a se chamar Padre João Maria Van Doren

Foto: Fundação Nazaré de Comunicação Um projeto de lei de autoria do vereador Amaury da …

Skip to content