sábado ,19 setembro 2020
Home / Notícias / Prefeito de Belém presta contas com a CMB durante reunião virtual

Prefeito de Belém presta contas com a CMB durante reunião virtual

A transmissão da reunião foi feita ao vivo pelo site da CMB

Entre questionamentos e sugestões sobre as ações feitas pela gestão municipal durante a pandemia, o Prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, prestou contas dos investimentos e cooperação do executivo da capital no enfrentamento ao coronavírus. A reunião virtual que aconteceu na tarde desta segunda-feira, 25, foi um convite da mesa executiva da Câmara Municipal de Belém, na pessoa do presidente Mauro Freitas, na intenção de que o poder legislativo possa contribuir para informar a população com transparência, além de cumprir o papel do parlamento enquanto agente fiscalizador. O encontro online, transmitido ao vivo pelo site da CMB, contou com a presença de 28 vereadores e alguns secretários, como Sérgio Amorim, Secretário Municipal de Saúde.

A reunião começou com o pronunciamento dos parlamentares que fizeram perguntas e comentários. Joaquim Campos (MDB) questionou o funcionamento do BRT e a continuação das obras. Paulo Queiroz (MDB), representante do seguimento cristão, falou que a igreja é parte importante da sociedade e que decidir o funcionamento dos templos religiosos deveria ser prioridade. Moa Moraes (PSDB) pediu mais esclarecimentos com relação as regras pós lockdown, pois muitos têm dúvidas. Pablo Farah (PL) destacou que o diálogo e sensibilidade são a chave para que possamos sair da pandemia juntos. Ele também destacou a importância da fiscalização do preço de cestas básicas e medicamentos que estão aumentando muito.

Wilson Neto (PV) ressaltou que é inegável o avanço que Belém teve com relação a saúde e como as medidas tomadas pela PMB ajudaram no combate ao coronavírus. Neto também ressaltou que Belém foi a primeira cidade do Brasil a fazer um portal da transparência para apresentar as despesas do covid-19. Rildo Pessoa (PTB) sugeriu que fossem disponibilizadas cabines de sanitização por meio de parcerias. Fabrício Gama (PMN) enfatizou que acompanhou algumas licitações e que testemunhou que a prefeitura decidiu pelos preços mais baratos de produtos como EPIs. Gleisson Silva (PSB) destacou que a sociedade precisa se adequar as medidas de isolamento após o lockdown para a diminuição do número de infectados.

Para o vereador Henrique Soares (PDT) a situação dos idosos merece atenção, visto que eles têm necessidade de fazer atividade física para o bem estar e qualidade de vida. Toré Lima (PRB) questionou sobre a segurança na volta do funcionamento de secretarias, além do processo licitatório sobre o transporte coletivo. Elenilson Santos (Avante) pediu que o isolamento continue, mas que reinicie a vida econômica com todos os estudos necessários. Dinely (PSC) sugeriu que a população pudesse ter acesso aos exames de testagem, já que os preços são muito elevados na rede particular. John Wayne (MDB) afirmou que foi atendido muito bem na Upa da Marambaia e que não é hora de fazer politicagem. Nilda Paula (PSD) demonstrou preocupação com o ano letivo das escolas públicas.

Fernando Carneiro (PSOL) manifestou solidariedade às famílias das vítimas, lamentou o fato da CMB não ter apresentado nenhum projeto relacionado ao combate do vírus e criticou a transparência com os gastos públicos. Entre os questionamentos feitos por ele estiveram a quantidade de novos leitos, testagens e o gasto do recurso do Governo Federal. Nazaré Lima (PSOL) pontuou a questão motivacional dos servidores da saúde. Segundo ela, os profissionais precisam de mais atenção nos salários. A vereadora também pontuou o acesso aos testes e a condição dos coveiros em cemitérios públicos. Emerson Sampaio (PP) também fez críticas à transparência.

O presidente da CMB, Mauro Freitas, acompanhou a reunião no plenário da Câmara de Belém

O presidente da Câmara Municipal de Belém, Mauro Freitas, ressaltou que a CMB foi a primeira Câmara do Brasil a tomar a iniciativa de fazer uma reunião desse tipo. Ele também falou da importância do site da transparência criado exclusivamente para apresentar as despesas referentes ao covid-19, ressaltou que o poder legislativo está acompanhando de perto os investimentos que estão sendo feitos durante período, assim com a retomada das atividades econômicas da cidade. “É preciso falar de todos os investimentos na saúde. Temos um hospital de referência, 5 novas upas e recuperação de mais de dezenas de unidades. Nunca foi feito tanto pela saúde como nessa gestão”, afirmou Mauro.

Zenaldo Coutinho ponderou a colocação feita de um por um dos vereadores presentes. Segundo ele, os indicadores de Belém melhoraram muito. As Upas e Pronto Socorros estão com atendimento tranquilo, assim como o Hospital Dom Zico, mas existe um déficit de leitos de UTI na capital, o que gera a preocupação na retomada da rotina e impossibilita a flexibilidade do isolamento, como abertura de igrejas que foi questionada e do comércio. A expansão de casos no interior também foi ressaltada pelo prefeito como agravante para que algumas medidas continuem, visto que muitos pacientes podem vir a buscar atendimento em Belém.

O prefeito destacou que o Procon está fiscalizando o abuso de preços e punindo os responsáveis. Ele orientou a busca de atividades físicas online para os idosos e para a população em geral para evitar a contaminação pelo vírus. Zenaldo anunciou que a disponibilidade de cabines de sanitização já está em processo licitatório e que a Sesan está de forma incansável desinfectando espaços públicos. De acordo com ele, os recursos do Governo Federal estão sendo gastos com aquisição de medicamentos, insumos, EPIs, pagamento de servidores, estruturação da saúde de forma geral e em um edital de apoio aos artistas. Ganhou destaque também a informação de que houve um aumento de 200 leitos na capital com as novas Upas construídas, além de tendas de atendimentos que ajudaram muito. Sobre o ano letivo, Coutinho disse que as aulas virtuais estão a todo vapor, inclusive para os alunos que vão prestar vestibular. Quanto ao aumento de salário dos profissionais da saúde, ele informou que é preciso um planejamento antecipado.

O Prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, se colocou à disposição para responder qualquer questionamento da CMB.

O gestor municipal informou ainda que a PMB está em processo de contenção de gastos por conta da dificuldade financeira causada por perdas na arrecadação, mas que os recursos estão  garantidos para obras como BRT. Zenaldo parabenizou o trabalho feito pelos vereadores que estão apresentando projetos indicativos que estão sendo atendidos. O prefeito de Belém ressaltou que na próxima quarta-feira os dados serão avaliados e na sexta-feira serão anunciadas novas medidas. Zenaldo se colocou à disposição para responder qualquer questionamento da CMB e informou que vai mandar um documento respondendo item por item questionado em relação a transparência, apesar de todos os dados estarem no portal.

Você pode Gostar de:

Passagem Alm. Saldanha Marinho passa a se chamar Padre João Maria Van Doren

Foto: Fundação Nazaré de Comunicação Um projeto de lei de autoria do vereador Amaury da …

Skip to content