domingo ,28 maio 2017
Home / Notícias / Igreja Batista do Pará completa 120 anos e recebe homenagem da CMB

Igreja Batista do Pará completa 120 anos e recebe homenagem da CMB

O plenário Lameira Bittencourt, na Câmara Municipal de Belém, reuniu na tarde desta quinta feira,2, membros da Igreja Batista de todo o Brasil para celebrar os 120 anos de existência da congregação no Pará, a primeira igreja evangélica da Amazônia. Foram homenageados com a comenda Eurico Alfredo Nelson, 50 representantes da Igreja, pessoas importantes para a fundação e para a trajetória de evangelização no Estado. A autoria da homenagem é do vereador Mauro Freitas, presidente da Câmara Municipal de Belém no biênio 2017/2018. A proposta, votada e aprovada por unanimidade, se transformou na lei ordinária n° 9235, de 7 de dezembro de 2016. Assim foi criado o Dia Municipal da Igreja Batista, comemorado todo dia 02 de fevereiro.

Para o presidente da câmara dos vereadores de Belém, Mauro Freitas, a homenagem é um reconhecimento do legislativo municipal pelo trabalho de evangelização feito pela Igreja Batista, ao longo de todos esses anos. O Pastor Vanderlei Marins, presidente da Convenção Batista Brasileira, agradeceu a iniciativa em nome das mais de 13 mil igrejas batistas brasileiras e dos mil membros da congregação no Pará.

Histórico – O trabalho da Igreja Batista na Amazônia foi iniciado em 1891 pelo missionário Eurico Alfredo Nelson. Foi numa luta de cinco anos que se constituiu o primeiro passo de sua obra missionária na região, vindo a organizar a igreja em 02 de fevereiro de 1897.

A primeira sede da Igreja batista em Belém funcionou na Avenida Generalíssimo Deodoro. O templo atual foi inaugurado em 23 de outubro de 1966, na Avenida Assis de Vasconcelos, ao lado do Teatro da Paz. Atualmente, a Igreja possui mais de 1000 membros entre a sede, outras igrejas organizadas em todo o estado e três congregações.

Você pode Gostar de:

Protagonismo da mulher na família e lutas sociais são destaque no Dia das Mães da CMB

Elogios emocionados a mulheres que assumiram os papéis de pai e mãe ou que se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *