domingo ,22 outubro 2017
Home / Notícias / Guarda Municipal de Belém completa 26 anos e ganha homenagem na Câmara

Guarda Municipal de Belém completa 26 anos e ganha homenagem na Câmara

Os 26 anos de implantação da Guarda Municipal de Belém (GMB) foram lembrados em sessão especial na Câmara Municipal de Belém na manhã desta segunda-feira,25. A iniciativa, requerida pelo vereador Sargento Silvano (PSD), homenageou a corporação pelos serviços prestados à população de Belém. A GMB foi criada pela Lei Municipal nº 7.346, de 14 de outubro de 1986, e implantada em 27 de setembro de 1991. Entre os presentes à cerimônia, além dos homenageados, estiveram os vereadores Joaquim Campos (PMDB) e Moa Moraes.

A parte solene do evento teve entrega de diplomas de reconhecimento a diversos integrantes da corporação e também manifestações reivindicando melhorias de condições de trabalho para a categoria dos guardas municipais.A exposição constante dos guardas ao risco de vida tanto nas missões a trabalho, quanto pela condição de agente de segurança, foi outro assunto abordado durante a sessão. Em seu pronunciamento, o vereador Joaquim Campos (PMDB) apoiou os servidores , lembrando  inúmeros casos de guardas municipais que tombaram, vítimas da violência urbana. ” Quem tem que chorar é a mãe do bandido, não a dos trabalhadores. Hoje quero afirmar aqui pra vocês que tudo o que puder ser feito em benefício da tropa, por mim e pelo Sargento Silvano, vai ser feito. Coloco meu gabinete à disposição de qualquer um de vocês que se sentir de alguma maneira prejudicado”, disse Campos.

 

Com direito à demonstração  de uma das estrelas do Grupamento de Ações Táticas com Cães (Atac), a cadela Hanna, a sessão ganhou ares festivos com a apresentação de um repertório especial da Banda de Música da GMB e com o tradicional “Parabéns pra você”, antecedendo o corte do bolo de aniversário.

O autor do requerimento que originou a sessão, vereador Sargento Silvano reiterou total apoio às causas da categoria, mas destacou o caráter festivo da solenidade; “Não queremos transformar esse evento em um momento político. Queremos que esse momento seja realmente de festa, para que a Guarda Municipal seja vista por toda a sociedade pelos relevantes serviços prestados a Belém nesses 26 anos de trabalho. Hoje nós chamamos esses homens e mulheres aqui, para dizer muito obrigado “, declarou Silvano.

Gratidão

Segundo o comandante da Guarda Municipal de Belém, Almir Ferreira da Silva, a homenagem recebida na Câmara é inédita e muito bem-vinda. “Nós todos da GMB recebemos essa honraria com muito carinho, porque desde que eu entrei na corporação, em 1991, nunca tínhamos tido um dia especial na Câmara Municipal. Por isso estamos aqui em peso hoje, desfrutando desse momento”, disse o comandante.

Sobre o cotidianos da GMB, Almir Ferreira admite que as dificuldades existem, mas que com empenho e apoio da administração municipal, os avanços devem ser destacados. ” Os desafios são enormes, porque nós todos sabemos que o momento atual do país não é propício. Mas nossa gestão na Guarda e a gestão do prefeito Zenaldo Coutinho não tem medido esforços para que a corporação continue  a realizar os serviços à população, têm nos deixado muito orgulhosos de estar no comando e de ser um guarda municipal”, afirmou Ferreira.

Atualmente o contingente da Guarda Municipal de Belém reúne 1.178 integrantes, sendo 1008 homens e 171 mulheres que, com o advento da lei nº 13.022  têm a função de, além de garantir a guarda do patrimônio público, histórico e cultural da cidade, também de salvaguardar a vida das pessoas, fazendo segurança pública em conjunto com as polícias militar e civil, e de mais órgãos do sistema de segurança pública

Das 171 mulheres que integram a tropa, a guarda municipal Irene Melo, que está  há 15 anos na corporação, hoje está lotada na CMB, mas já atuou  na rua, em postos fechados e praças públicas.  Longe das atividades externas, ela aproveita o ritmo de trabalho mais tranquilo na Câmara, para estudar e concluir uma graduação superior, com foco na melhoria da sua condição profissional. ” A profissão de guarda municipal para a mulher é um desafio. Ou melhor, são vários desafios, porque a cada dia é um novo. Basta ver que além de sermos minoria, hoje no quadro da GMB a mulher é pouco valorizada pra ocupar cargos de chefia. A gente tem que provar constantemente que pode desempenhar em pé de igualmente as mesmas funções que os guardas homens assumem, porque na Guarda Municipal não existe sexo frágil e durante as ocorrências, a gente tem que mostrar serviço e não ser deixada na retaguarda apenas por ser mulher”, desabafa a servidora que, entretanto, não se arrepende de ter feito a opção pela GMB quando teve alternativas de escolha.”É daqui que tiro meu sustento, o sustento da minha família, e pago minhas contas. Então não me arrependo em nenhum momento de ser uma guarda municipal hoje, e só almejo crescer muito mais na minha profissão”, conclui a GM Irene.

Você pode Gostar de:

Círio de Nazaré recebe homenagem na CMB

Com a presença da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, funcionários, convidados e vereadores …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *