sábado ,23 setembro 2017
Home / Notícias / Festa da Chiquita como patrimônio cultural será tema de debate na Câmara

Festa da Chiquita como patrimônio cultural será tema de debate na Câmara

Foto: Oswaldo Braga

Com aprovação unânime dos vereadores presentes à sessão ordinária desta segunda-feira,28,está marcada para o dia 19 de setembro, às 15h, sessão especial solicitada pelo vereador Mauro Freitas (PSDC) para discutir o tema Festa da Chiquita na programação da quadra nazarena em Belém.

A festa da Chiquita, realizada desde a década de 70 sempre após a trasladação do Círio de Nazaré, não integra a programação oficial do Círio considerada patrimônio cultural imaterial de Belém, Um projeto de lei nesse sentido foi apresentado pela vereadora Marinor Brito e ainda tramita na Câmara Municipal de Belém.

Ao propor a sessão especial que vai retomar o debate sobre o assunto, Mauro Freitas acredita que os vereadores devem chegar a um consenso sobre a importância cultural da festa, independente das diferenças ideológicas, políticas ou religiosas entre os parlamentares. O vereador foi procurado pela coordenação do evento e decidiu abraçar a causa. ” A vereadora Marinor tem tido dificuldade para aprovar o projeto que transforma a festa da Chiquita em patrimônio cultural de natureza imaterial. Existe uma polêmica em torno desse tema, mas em conversa com os vereadores, tenho percebido certa sensibilidade no sentido de que juntos possamos realmente reconhecer essa programação que já está mais do que inclusa no cenário cultural da nossa cidade, assim como o Auto do Círio e outros”, explicou Freitas.

Para o autor do requerimento, a sessão especial vai cobrir uma lacuna no debate sobre o real sentido da festa da Chiquita, que é a falta de informação e de diálogo. ” Resolvi solicitar essa sessão para que a gente possa trazer a esta Casa, não só os coordenadores, mas também as secretarias municipais envolvidas, e as pessoas que participam dessa festa, que é  cultural, para que possamos mostrar para os parlamentares o verdadeiro sentimento da programação”, concluiu o vereador.

Requerimentos

Também na primeira sessão ordinária da semana, foram aprovados por unanimidade requerimentos do vereador Ígor Normando (PHS)  e da vereadora Simone Kahwage PRB).  Igor Normando aprovou sessão especial com data a ser definida, para debater o projeto de lei de sua autoria, que assegura o acesso aos profissionais de Educação Física, personal trainer particular, às academias de ginástica do município de Belém. Já a vereadora Simone Kahwage, teve aprovado requerimento para inclusão nos Anais da Casa, de  matéria publicada no jornal O Liberal do  dia 07 de agosto, sob o título “Lei fortalece as mulheres”, referente aos 11 anos de sanção da Lei Maria da Penha, que pune a violência contra a mulher.

Você pode Gostar de:

CMB aprova requerimentos e sessões especiais nesta quarta feira

Durante a sessão ordinária desta quarta feira, 13, os vereadores de Belém aprovaram 8 sessões …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *