sábado ,26 setembro 2020
Home / Notícias / Encontro reúne funcionários da CMB e representantes do Banpará

Encontro reúne funcionários da CMB e representantes do Banpará

Plenário Lameira Bittencourt durante a reunião desta quinta-feira, 20.

Um encontro na manhã desta terça-feira, 20, reuniu funcionários da Câmara Municipal de Belém e representantes do Banpará, instituição que presta serviço bancário para a casa, para debater alguns assuntos de interesse dos servidores. O motivo da reunião foi alinhar a parceria entre o banco e a CMB que já dura mais de 7 anos. A proposta do encontro foi do vereador Toré Lima (DEM).  

Durante o pronunciamento do proponente da reunião, que já foi funcionário da casa por vários anos, foram citados alguns pontos que geram a insatisfação dos servidores. Toré Lima pediu que haja uma contrapartida social do banco para com a casa, tratamento igual ao dado para os funcionários do estado, mudança no espaço físico da agência, além da possibilidade dos funcionários da Câmara serem atendidos pelo decreto estadual que permite acesso ao financiamento da casa própria.

Outros vereadores estiveram presentes no encontro. Fernando Carneiro (PSOL) disse que não é contra o banco, muito pelo contrário, acredita que é preciso ter um banco público para atender as demandas dos servidores. Para ele, essa é uma luta em favor dos funcionários da casa. Carneiro citou que a taxa de juros da prefeitura que tem um banco privado é menor do que a da CMB, assim como os servidores do estado que são clientes do Banpará e também tem a taxa inferior. “Só a Câmara tem juros tão alto. Queremos isonomia para os funcionários. Não estamos pedindo privilégio. Estamos pedindo tratamento igual apenas”.

Representando o presidente do banco, o Superintendente do Barpará, Armindo Tavares, esclareceu todos os pontos citados pelos vereadores e servidores. Segundo ele, o banco tem um sistema que controla as taxas de acordo com a inadimplência e avalia a área de risco. Como alguns funcionários falecidos estão em débito com a instituição, a taxa fica prejudicada. Ele propôs uma renegociação dos contratos com acionamento das famílias juridicamente, se comprometeu a fazer uma reforma no espaço do banco, além de outros benefícios para os servidores da Câmara de Belém.

Você pode Gostar de:

Câmara aprova projetos em bloco

Plenário durante a sessão desta terça-feira, 22. Na manhã desta terça-feira, 22, a Câmara Municipal …

Skip to content