quarta-feira ,15 agosto 2018
Home / Vereadores / PDT / Adriano Coelho / Economistas são homenageados em sessão especial na Câmara de Belém

Economistas são homenageados em sessão especial na Câmara de Belém

Conselho Regional de Economia do Pará e Amapá representa os profissionais na solenidade em homenagem à categoria.

O Dia 13 de agosto é lembrado nacionalmente como o Dia do Economista. A criação da data se deu pela lei nº 1.411, em 13 de agosto de 1951, que regulamentou a profissão de economista no Brasil e estabeleceu as normas de sua organização ao mesmo tempo em que determinou ser privativo dos bacharéis em Ciências Econômicas diplomados no Brasil o direito de ser considerado economista de formação. E para referendar essa valorização e o respeito ao profissional de Economia a Câmara Municipal de Belém realizou nesta quinta-feira,9, uma sessão especial antecipando as homenagens ao Dia Nacional do Economista.

Com a participação de representantes do Conselho Regional de Economia do Pará e Amapá, profissionais, professores e estudantes do curso de Economia, o evento presidido pelo vereador Adriano Coelho (PDT) autor do requerimento que propôs a sessão, aprovado pelos demais vereadores da Casa.

A homenagem é inédita para a categoria, como destacou o presidente do Corecon-PA/AP, Kleber Mourão.” A classe considera essa homenagem da Câmara Municipal, feita através do vereador Adriano Coelho, muito importante. É a primeira vez que somos convidados a participar de uma honraria desse tipo e isso realmente dá um gás no nosso profissional, faz com que ele se sinta bem motivado, bem agraciado com essa homenagem”, declarou.

O economista é o profissional preparado para, por meio de muito estudo e análises dos fenômenos sociais formular diretrizes e planos relacionados aos agentes públicos e privados para ajudar o país  a melhor administrar produzir e distribuir seus  bens e serviços sempre com foco no bem comum. Nos momentos de crise econômica essa ajuda com certeza é fundamental, avalia Kleber Mourão.” É nesse momento que o economista se faz mais importante, mais presente, porque nesses momentos de crise os recursos são muito escassos e as necessidades acabam aflorando com muitas necessidades, então o economista tem esse papel de tentar equilibrar, de tentar organizar as necessidades de acordo com as restrições de renda e de orçamento que a gente possui.Então eu acredito que nesses momentos de crise é que a gente tem que ter condições de mostrar nosso potencial e de contribuir para a evolução de uma sociedade mais fraterna, mais igualitária”, conclui.
Ao parabenizar os economistas pela data, o vereador Adriano Coelho fez referência ao papel das ciências econômicas no embasamento das estratégias do poder executivo de  um país, estado ou município. ” Eu faço um apelo para que com os seus conhecimentos a categoria ajude os políticos a direcionar  esse país, esse município, esse estado. Precisamos de direcionamentos claros, com inteligência e sabedoria”, disse o parlamentar que recebeu do Corecon PA/AP  o diploma Amigo do Conselho, honraria concedida pela entidade em reconhecimento ao apoio prestado ao exercício das suas atividades.

Durante a solenidade o Corecon PA/AP foi condecorado com o Brasão D´Armas, a mais alta comenda concedida pelo legislativo municipal.

 

Você pode Gostar de:

41 anos da Igreja Universal é celebrado na CMB

  Uma sessão especial na Câmara Municipal de Belém na tarde desta terça feira, 14, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Skip to content