domingo ,23 julho 2017
Home / Notas / Duplicidade motiva rejeição de projeto que previa ônibus refrigerados na capital

Duplicidade motiva rejeição de projeto que previa ônibus refrigerados na capital

Na sessão ordinária desta terça-feira,9, na CMB, foi rejeitado o projeto de lei de autoria  do vereador Dr, Chiquinho (PSOL), que obrigaria as empresas de ônibus urbanos a instalar aparelhos de ar condicionado nos coletivos da cidade. De acordo com a proposta o prazo estabelecido para que todos os coletivos tivessem o equipamento instalado, seria de quatro anos e a cada período de 12 meses, 25% da frota deveriam estar devidamente equipados.

Em defesa da sua proposta Dr.Chiquinho argumentou que no clima quente da capital, em período de chuvas os passageiros de ônibus são submetidos ao calor excessivo porque as janelas dos veículos são fechadas.

O projeto recebeu 18 votos contra  e três a favor. A principal justificativa para a maioria dos vereadores rejeitar a proposta, é a existência de um outro projeto com a mesma finalidade apresentado pelo ex-vereador Gervásio Morgado, aprovado pela CMB e sancionado pelo Executivo, aguardando implantação. Segundo o regimento interno da Casa não pode haver aprovação de projetos em duplicidade.

Você pode Gostar de:

Projeto de Mauro Freitas destaca atuação dos profissionais das mídias eletrônica e digital

A matéria intitulada ” Dia do Mídia é celebrado pelas ORM”, publicada na edição deste …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *