segunda-feira ,21 agosto 2017
Home / Matérias Especiais / Dia do Legislativo Municipal relembra a história da Câmara de Vereadores

Dia do Legislativo Municipal relembra a história da Câmara de Vereadores

História, legado e reafirmação do compromisso com a população de Belém. A sessão solene  em homenagem ao Dia do Poder Legislativo Municipal reuniu vereadores e ex-vereadores nesta segunda-feira,20, no plenário da Câmara Municipal. A cerimônia foi proposta pelo presidente da Casa, vereador Mauro Freitas (PSDC), em cumprimento à lei ordinária nº 9027, de 09 de agosto de 2013, que instituiu a  sessão a partir de projeto de lei do vereador Rildo Pessoa (PTdoB).

A data, 20 de março, marca a instalação da 1º Legislatura da Câmara Municipal de Belém. segundo registros históricos sobre o ato em que a Câmara de vereadores tomou posse da primeira légua patrimonial da cidade, em 1968, na área onde hoje é o bairro do Marco. Na sessão comemorativa, mais de 100 agraciados,  incluindo os 35 vereadores eleitos para o mandato 2017/2020 receberam  o Diploma de Mérito Legislativo

Abrindo a sessão, o vereador Mauro Freitas enfatizou a satisfação de poder homenagear os parlamentares que passaram pela Casa e deixaram sua contribuição para o fortalecimento do legislativo municipal.” É impossível lembrar do parlamento municipal, esquecendo daqueles que construíram pedra a pedra essa história. É com muito orgulho que hoje estou à frente dessa Casa para honrar aqueles que serviram ao município através do seu trabalho como parlamentar, muitas vezes fazendo sacrifícios pessoais em benefício da nossa cidade”, declarou Freitas.

História

Para o vereador Rildo Pessoa, autor do projeto de lei que criou a sessão solene em homenagem ao legislativo, apresentou um breve histórico sobre as origens do legislativo municipal e fez questão de dedicar uma saudação especial aos vereadores que fizeram parte da primeira legislatura de Belém, citando-os nominalmente.

A reverência aos ex-vereadores foi reiterada pelo vereador Igor Normando (PHS) que falou sobre a importância da solenidade, “não só para reafirmar o compromisso com a cidade, mas para entender que a nossa legislatura tem história, tem um legado a se respeitar, que nos mostra que temos a obrigação de contribuir para as melhorias de condições de vida da nossa cidade, da população”.  O reconhecimento aos pioneiros pontuou também o pronunciamento do vereador Toré Lima ( ) que relembrou seus anos de aprendizado no dia a dia da CMB, citando a ex-vereadora Marília Crespo como uma das parlamentares que mais  que contribuíram com seu conhecimento para o bom funcionamento técnico e administrativo da Casa.

Gratidão

Entre os ex-vereadores que usaram da tribuna durante a sessão solene, Carlito Aragão, Regina Barata, Cássio Andrade, Victor Cunha, Fernando Dourado, Nelson Chaves, Vanessa Vasconcelos, Tereza Coimbra, Dr.Castro e o vice-prefeito Orlando Reis, parabenizaram a iniciativa do presidente da CMB, Mauro Freitas, e manifestaram gratidão pela homenagem. Carlito Aragão, que foi vereador pelo PT, relembrou histórias e ex-colegas de partido que também passaram pela Câmara. ” Ganhamos no aprendizado, com certeza. E além das diferenças ideológicas e políticas, também vivemos relações humanas nesta Casa e fizemos amizades que perduram até hoje”, disse o ex-vereador.

Para o ex-vereador e atual vice-prefeito de Belém, Orlando Reis, a homenagem é um reconhecimento à importância dos vereadores. ” O vereador é o político mais importante do parlamento, mas muitas vezes nós falhamos em não reconhecer nosso valor. É o vereador que tem o eleitor ao pé do ouvido e está mais próximo da população”, afirmou o vice-prefeito, concluindo que o vereador nunca deve perder o contato direto com o cidadão.

A sessão em homenagem ao parlamento municipal foi encerrada pelo prefeito Zenaldo Coutinho, ele mesmo um ex-vereador, e o mais antigo parlamentar presente na solenidade. Zenaldo reiterou que de fato, ” o vereador é o mais autêntico e o mais legítimo representante do parlamento porque está pessoalmente representando  o interesse do eleitor”.  O prefeito de Belém também destacou a pluralidade na Câmara Municipal, que hoje abriga representantes das mais diversas legendas partidárias. ” É impossível imaginar a homogeneidade do pensamento. É fundamental o debate de idéias e a crença de que esse poder representa uma parte da população de Belém”, afirmou.

Ao final da cerimônia todos os vereadores e ex-vereadores presentes refizeram simbolicamente o juramento da época em que assumiram seus mandatos, reafirmando o compromisso assumido com os eleitores e com a cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *