domingo ,23 julho 2017
Home / Vereadores / Mauro Freitas / CMB ganha mural colorido de Sebá Tapajós

CMB ganha mural colorido de Sebá Tapajós

Novo Plenário Lameira Bittencourt

O plenário Lameira Bittencourt está de cara nova. O colorido do grafitti, os traços marcantes abstratos, a arte das ruas feita pelo primeiro muralista contemporâneo do Pará, ganhou espaço no prédio da CMB neste final de semana. Foram três dias de trabalho, até que Sebá Tapajós concluísse a obra que chamou de “ Progressão da existência”.

A doação feita à Câmara Municipal de Belém tem traços em forma de espiral, um símbolo de evolução, de movimento ascendente que se projeta para o infinito e aparentemente não tem fim. A ideia também está associada à lua, à água, à vida e à fertilidade. “Aceitei de cara a proposta de pintar o plenário. Foi interessante essa oportunidade pra mim e para o meu trabalho. É uma experiência diferente trabalhar dentro da câmara dos vereadores, pois é daqui que partem grandes iniciativas de mudanças para a nossa cidade”, disse Sebá Tapajós.

Os traços que agora estão na CMB são conhecidos no mundo todo. Belenense por opção, Sebá Tapajós carrega no nome não só uma linhagem artística de peso como o orgulho das origens amazônicas. Filho do consagrado violonista Sebastião Tapajós, o artista conviveu desde a infância com as artes. Com as cores, ele resolveu se expressar, traduzindo-as em matizes que seu olhar daltônico assimila.

 

 

 

 

 

 

As marcas dele estão nos muros de Salvador, São Paulo, Guarujá, Porto Alegre, Buenos Aires, Lisboa, Madri, mas foi em Belém que Sebá se consagrou. No ambiente ribeirinho, idealizou e concretizou o projeto StreetRiver e que logo foi reconhecido pelo Iphan como primeira galeria fluvial do mundo. O projeto na Ilha do Combu celebra a cultura dos povos da mata, os caboclos, descendentes de índios e quilombolas.

As formas são inspiradas nos movimentos dos rios, nas cores da floresta e desenhos que tudo tem a ver com o local. Atualmente, 12 casas da comunidade do igarapé da Ilha do Combu ganharam o colorido de Sebá, em parceria com outros artistas do Brasil convidados.  No início do mês de maio, nos dias 6 e 7, o StreetRiver chega a sua terceira edição. Mais 10 casas da ilha ganharão pintura com participação de artistas de várias partes do mundo. O público vai poder fazer um passeio guiado com paradas na produção de cacau, açaí artesanal do combú e na ribeirinha pintada por Sebá. O passeio é de graça e vai durar cerca de 80 minutos . A saída será do porto que fica na Bernardo Sayão, 5232, ao lado da UFPA, a partir das 9 horas da manhã. As inscrições para participar do evento poderão ser feitas pela internet, no site do artista. www.sebatapajos.com.br

Casa pintada durante a segunda edição do StreetRiver
Casa na ilha do Combú colorida por Sebá

 

 

 

 

 

 

 

Projeto “Arte na casa do povo”

O mural faz parte do projeto “Arte na casa do povo”,  criado pelo presidente da Câmara, vereador Mauro Freitas (PSDC), pela Direção da Casa, Divisão de Comunicação Social da CMB, com apoio das Tintas Coral e da Oplima. “Eu dou muito valor à nossa cultura e sempre tive um sonho de poder incentivar o trabalho dos artistas daqui de alguma forma. Fomos atrás de parcerias e estamos cheios de boas ideias. O projeto está só começando. Convido todos os artistas e apoiadores da iniciativa privada que quiserem contribuir e fazer parte disso com a gente. Vamos colorir, trazer vida e arte a essa casa do povo”, acrescentou Mauro Freitas.

O Presidente da CMB, Mauro Freitas, com Sebá Tapajós

A ideia será colocada em prática por etapas e inclui mudanças como o mural de Sebá Tapajós, exposições de artistas da terra na galeria popular, obras espalhadas pelo prédio, além da substituição do painel de fotos de Belém no plenário, que já existe há mais de 12 anos. “A intenção é transformar a Câmara de Belém, lugar de muita circulação de pessoas, em uma galeria de arte. Isso vai trazer um ar de leveza para o prédio que há muito tempo não passava por uma repaginada, além incentivar esses profissionais a ter o trabalho deles visto e divulgado por muita gente”, ressalta a chefe da Divisão de Comunicação, Flávia Lima.

A primeira etapa foi concluída com a obra de Sebá e a partir dessa semana, uma nova etapa do projeto vai começar. Será lançado o edital do concurso fotográfico para a escolha da foto que vai estampar o painel do plenário Lameira Bittencourt. “A fotografia é uma das poucas coisas que tem poder sobre o tempo, é a arte de traduzir em imagens um momento que nunca vai se repetir ”, disse Higor Rodrigues, diretor Geral da CMB, que tem a fotografia com um dos seus principais hobbies. “A intenção é incentivar, divulgar e reconhecer o trabalho dos profissionais da fotografia de Belém. Se eu fosse um deles, ficaria orgulhoso em ver um trabalho meu referenciado em um local publico”, completou.

Você pode Gostar de:

Estudo de impactos para instalação de ar condicionado nos ônibus é concluído

Na manhã desta terça feira, 20, na presença da Superintende da Semob, Paula Grossinho, o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *