domingo ,27 setembro 2020
Home / Notícias / CMB cria diploma “Mérito LGBTQI

CMB cria diploma “Mérito LGBTQI

Henrique Soares durante o discurso na tribuna da CMB

A Câmara Municipal de Belém criou nesta terça-feira, 25, o Diploma “Mérito LGBTQI Walter Bandeira”, para integrar as horarias oficiais da casa. Aprovada por maioria, a condecoração será outorgada anualmente a personalidades que se destacam na área divulgando e defendendo a igualdade de gênero no Pará e no Brasil, bem como pessoas físicas e jurídicas que colaboram estimulando, promovendo ações e campanhas em prol da luta. A autoria é do vereador Henrique Soares (PDT).

Para o proponente, o decreto vem para reconhecer e valorizar o trabalho feito por essas pessoas que muita vezes são vítimas de preconceito e até de violência. O vereador citou que a homenagem a Walter Bandeira é justa por ele ter sido uma grande figura paraense. “Essas pessoas merecem nosso respeito e precisam se sentir respeitadas. Aqui não é lugar de preconceito”.

De acordo com o decreto legislativo, a honraria será entregue todos os anos em sessão solene a ser realizada no Plenário da Câmara de Belém em dia e hora serem marcados. Cada vereador poderá indicar um homenageado fazendo a comprovação de documentos que reconheçam e justifiquem a entrega do diploma.

O vereador Marciel Manão (Avante) votou contra a proposta. Segundo ele, a honraria não representa a maioria da população. Ele disse ainda que o fato de não ser a favor não significa que é preconceituoso e que inclusive não tolera o preconceito ao gênero. “Sou solidário a essa luta e admiro os parlamentares que estão a favor, mas na qualidade de membro da igreja e líder da bancada evangélica, não posso ser favorável”.

Fernando Carneiro (PSOL) afirmou que o Brasil é o país que mais mata o público LGBT no mundo e que muitos casos sequer tem repressão ou punição. Para ele, cada projeto que visa resgatar direitos dessas pessoas é fundamental para que a classe possa ter direitos iguais, se sentir representada e respeitada. “A casa tem que ser plural e representar toda a sociedade, sem preconceito e principalmente combater a violência”.

Você pode Gostar de:

Câmara aprova projetos em bloco

Plenário durante a sessão desta terça-feira, 22. Na manhã desta terça-feira, 22, a Câmara Municipal …

Skip to content