segunda-feira ,20 novembro 2017
Home / Vereadores / AVANTE / Campanha Novembro Azul tem apoio dos vereadores de Belém

Campanha Novembro Azul tem apoio dos vereadores de Belém

Nota publicada na coluna Repórter 70  do jornal O Liberal de 31 de outubro de 2017, sob o título “Campanha Azul”, será inserida nos Anais da Câmara Municipal de Belém  a pedido do vereador Rildo Pessoa (Avante). O requerimento teve aprovação unânime dos parlamentares presentes à sessão ordinária desta terça-feira,7. Em sua justificativa, Rildo Pessoa destacou a importância da divulgação massiva da campanha “Novembro Azul” como ação de prevenção e combate ao câncer de próstata. “É fundamental apoiar toda ação que incentive os homens a buscar prevenção, tratamento e informações a doenças correlatas à saúde do homem. Essa atitude deve ser incentivada sempre e não apenas durante o mês da campanha”, afirmou o parlamentar.

O requerimento foi endossado por diversos vereadores, entre eles o vereador Dr. Elenilson, que chamou a atenção para a seriedade do tema. ” O câncer de próstata é o terceiro tipo que mais mata no Brasil e segundo o Instituto Nacional do Câncer, em 2017 a previsão é que surjam 61.200 novos casos da doença. Seis em cada dez homens são afetados, com incidência maior entre os que tem mais de 65 anos”, alertou.

Mais do que a campanha de conscientização, é necessário ações mais efetivas para combater não só o câncer de próstata, mas as demais que atingem principalmente os homens, na avaliação de Rildo Pessoa. ” É necessário uma política voltada especificamente para a saúde masculina. Por isso essa casa apoiou o projeto de minha autoria que cria a Casa de Saúde do Homem no município de Belém, que já é lei e precisa apenas ser regulamentada, e para isso já estou em conversas com o prefeito Zenaldo Coutinho e o secretário municipal de Saúde, Sérgio Amorim”, informou o vereador.

Transportes Coletivos

Também por meio de requerimento parlamentar, será incluída nos Anais da casa a matéria intitulada “Câmara debate insegurança nos transportes coletivos de Belém ” publicada no jornal Diário do Pará, edição do dia 20 de outubro de 2017 O requerimento que formalizou a solicitação feita pelo vereador Toré Lima (PRB) foi aprovado à unanimidade na sessão ordinária desta terça-feira,7.

A reportagem registra a sessão especial realizada pelo vereador no último dia 19, reunindo representantes dos órgãos de segurança pública, rodoviários e a sociedade civil para debater sobre a falta de segurança nos coletivos da capital. Entre os principais pontos de discussão da sessão esteve  o projeto de autoria do vereador Altair Brandão (PC do B) que atualmente tramita na comissão de justiça da CMB. O projeto como o projeto  do “Botão do Pânico”, obriga a instalação de GPS e câmeras de monitoramento em tempo real nos coletivos.

 

 

Você pode Gostar de:

Comissão vai solicitar que Segunda Esquadra da Marinha seja em Belém

Uma comissão vai requerer que a Segunda Esquadra da Marinha tenha Belém como sede. A …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *