quarta-feira ,12 dezembro 2018
Home / Notas / Câmara quer andamento do processo por improbidade contra ex-prefeito

Câmara quer andamento do processo por improbidade contra ex-prefeito

Depois de dois dias de discussão foi aprovado na sessão ordinária desta quarta-feira, 16, na Câmara Municipal de Belém. por 16 votos a favor e um contra, com uma abstenção, requerimento de autoria do vereador Joaquim Campos (PMDB) que insere nos anais da Casa matéria publicada na revista Veja com o título “Candidato do PSOL em Belém é condenado por improbidade”.

Além do registro oficial, Joaquim solicita que a reportagem seja enviada aos jornais O Liberal e Diário do Pará e ao juiz Cláudio Henrique Pina, da 1° Vara Federal do Pará, para que este prossiga a investigação para a conclusão do processo.

O deputado federal Edmilson Rodrigues responde a um processo de improbidade administrativa pela compra de livros sem licitação quando era prefeito de Belém, de 1997 a 2005. A verba desviada, segundo a justiça, era do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). De acordo com as investigações, mais de 14 mil exemplares de livros foram pagos, sem terem sido entregues.

A matéria divulgada na revista Veja informa que Edmilson deveria ressarcir integralmente 306.973 reais por danos causados aos cofres públicos. O processo  continua sem conclusão. Para Joaquim Campos , cabe à CMB como poder fiscalizador da gestão pública cobrar das autoridades competentes uma resposta à população sobre o caso.

 

Você pode Gostar de:

Lei Orçamentária Anual para 2019 é aprovada na CMB

Em sessão extraordinária, nesta quarta-feira, 05, os vereadores da Câmara Municipal de Belém votaram o …

Skip to content