domingo ,28 maio 2017
Home / Meio Ambiente / Câmara Municipal amplia debate sobre o tratamento do lixo na RMB

Câmara Municipal amplia debate sobre o tratamento do lixo na RMB

Acatando proposta do vereador Toré Lima (PRB), a Câmara Municipal de Belém (CMB) realiza nesta segunda-feira (13/03), sessão especial para debater todas as questões relacionadas à coleta, tratamento, reciclagem e destinação final do lixo na Região Metropolitana de Belém.

Com a interdição da Central de Processamento e Tratamento de Resíduos (CTPR), no município de Marituba, em protesto de moradores locais, os resíduos doméstico, hospitalar e industrial dos municípios de Belém, Ananindeua e Marituba deixaram de ser recolhidos por quase uma semana, problema que foi agravado pelas fortes chuvas que atingiram a cidade, configurando grave ameaça à saúde pública.

O assunto já vem sendo debatido pelos vereadores municipais e há consenso que faltam informações precisas sobre os problemas existentes na Central de Processamento e Tratamento de Resíduos, que levaram os moradores de Marituba a interditar a via de acesso ao aterro sanitário, por isso o vereador Mauro Freitas, presidente da CMB, sugeriu uma visita dos vereadores de Belém ao aterro sanitário, prevista para quinta-feira, 16.

A sessão especial proposta pelo vereador Toré Lima deve respaldar os parlamentares para a visita técnica ao local, com o máximo de informações. Vão participar da sessão representantes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), das secretarias de Saneamento e Meio Ambiente dos municípios de Belém, Ananindeua e Marituba, e também da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB-Pará, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PA) e de entidades de coletores e recicladores de lixo.

Foto: Jeová Barros/Facebook

Você pode Gostar de:

Sessão especial define os primeiros passos para a criação do parlamento metropolitano

  Unir esforços para enfrentar os problemas comuns a todas as cidades da região metropolitana. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *