quarta-feira ,1 abril 2020
Home / Notícias / Câmara aprova voto de repúdio à empresa Belém Ambiental

Câmara aprova voto de repúdio à empresa Belém Ambiental

Vereador Fabrício Gama quer o fim do contrato da Belém Ambiental com a Prefeitura de Belém.

A deficiência no serviço de coleta de lixo na capital, que vem causando transtornos tanto para a população quanto ao poder público, motivou a proposta de voto de repúdio à empresa Belém Ambiental aprovada na sessão ordinária desta quarta-feira,18, na Câmara Municipal de Belém.
O requerimento de autoria do vereador Fabrício Gama (PTN) teve apoio unânime dos vereadores presentes o que, segundo Gama, expressa a coragem do legislativo de exigir providências contra a empresa. “ Eu agradeço e parabenizo a coerência dos meus pares. Essa casa teve a coragem de votar contra os empresários. Mostrou que não tem as mãos presas, que tem lisura pra defender os interesses da população”, afirmou.
O contrato da Prefeitura de Belém com a Belém Ambiental foi firmado na gestão do ex-prefeito Duciomar Costa e mesmo com várias ações na justiça o contrato é mantido até hoje em função de seguidas liminares obtidas pela empresa. “ Há anos a Belém Ambiental, que dizem pertencer ou ter pertencido ao ex-prefeito Duciomar não faz a coleta de lixo direito. Já recebeu diversas multas da Sesan, enfrenta inúmeros processos judiciais e ainda assim consegue manter o contrato com o município. Isso precisa ter fim, pelo bem da nossa cidade”, disse Fabrício Gama.
Para os vereadores favoráveis à medida, o voto de repúdio não pode ser apenas protocolar. “ A partir dessa aprovação eu espero que a mesa diretora dessa casa formalize a decisão de tornar a empresa Belém Ambiental persona non grata no município. Mais do que isso,precisamos agir para não ficarmos apenas no voto de repúdio. O próximo passo é solicitar que a Prefeitura nos envie cópias de todos os contratos e processos relacionados à empresa. Precisamos nos subsidiar de todas as formas para banir a Belém Ambiental da nossa cidade”, avalia o vereador Emerson Sampaio (PP).

“Esse é o primeiro passo que temos que dar para fazer o que o povo quer, que é tirar de vez dessa empresa o serviço de coleta de lixo. E também é preciso ir a fundo na questão de saber por que a Belém Ambiental consegue tantas liminares para se manter aqui”, declarou o vereador Joaquim Campos.
Além de soluções para o problema da coleta de lixo na cidade, o vereador Sargento Silvano (PSD) disse que é urgente priorizar a coleta seletiva em Belém. “Concordo com o repúdio à Belém Ambiental porque não podemos ficar expostos a sucessivos colapsos na coleta de lixo. Porém tem que haver educação ambiental. Infelizmente acumular lixo nas ruas virou uma cultura atualmente. Precisamos de política de educação ambiental. Muito se fala de coleta seletiva,mas pouco se faz pra incentivar essa prática e enquanto isso lixo em Belém é questão de saúde pública”, ressaltou Silvano.

Você pode Gostar de:

Câmara suspende as sessões ordinárias até o dia 30 de abril com novo ato da mesa diretora

ATO DA COMISSÃO EXECUTIVA Nº 0556/2020, DE 23 DE MARÇO DE 2020 DISPÕE SOBRE OS …

Skip to content