quinta-feira ,15 novembro 2018
Home / Notícias / 41 anos da Igreja Universal é celebrado na CMB

41 anos da Igreja Universal é celebrado na CMB

 

Representantes dos grupos homenageados durante os parabéns a igreja

Uma sessão especial na Câmara Municipal de Belém na tarde desta terça feira, 14, marcou a celebração dos 41 anos da igreja universal do reino de Deus. A homenagem foi proposta pela vereadora Simone Kahwage (PRB). Obreira da universal há mais de 20 anos, ela ressaltou a importância do trabalho desempenhado pelos pastores, obreiros e voluntários durante todos esses anos. Simone disse ainda que a cidade sofre de muitos problemas sociais, como violência, alcoolismo e governo não daria conta de reduzir os índices de criminalidade se não fosse o trabalho em conjunto com a igreja. “Estamos dentro de presídios, de escolas, temos trabalhos voltados pra mulheres, crianças e idosos. Eu sou fruto desse trabalho de evangelização e conhecimento do verdadeiro Deus”, disse a vereadora.

Há 32 como membro da instituição, o vereador Pastor França fez um discurso emocionado ao lembrar que entrou para a igreja aos 15 anos viciado em drogas e sofrendo com a fragmentação da família. França disse se orgulhar de ter visto o surgimento de muitos grupos de apoio sem nenhuma ajuda política ou reconhecimento. “Na universal eu encontrei o que eu precisava: palavra de carinho, amor, estenderam a mão pra mim. Surgimos para ajudar os aflitos e necessitados. Todos temos o mesmo objetivo que é salvar almas”, relatou o vereador.

Coordenador de um dos 17 grupos da Igreja Universal, o Força Jovem Universal, o Pastor Antônio Moraes, disse se sentir honrado em hoje cuidar do grupo que resgatou ele das drogas e da depressão. Para ele, por mais organizado que o estado seja, se não fosse o apoio do evangelho da igreja os problemas sociais seriam muito maiores. O pastor Eleonardo Santos, coordenador do grupo universal nos presídios, disse que a satisfação do trabalho é ver que as pessoas voltam diferentes pra casa. Ele destacou ainda que 25 mil voluntários atuam em cadeias de todo o Brasil. No Pará, das 40 casas penais, 29 são atendidas por 700 voluntários que trabalham incansavelmente.

Vereadora Simone Kahwage, Pastor Antônio Moraes e vereador Pastor França

Como convidado da sessão, o diretor da Fábrica esperança, contou sobre os 25 anos de trajetória como participante da igreja e disse que acompanhou o crescimento e mudanças feitas com muito sacrifício por pessoas que estão sempre dispostas a ir nos hospitais, nas ruas e medem esforços para evangelizar e honrar a Deus. A Diretora da Funpapa, Eduarda Louchard, acrescentou falando sobre a importância da igreja na sociedade seja para combater a violência familiar, o alcoolismo e as drogas e no resgate dessas pessoas.

Encerrando os discursos, o Pastor Miguel França, Coordenador da Igreja universal, agradeceu pelo trabalhado desemprenhado por todos que fazem a igreja acontecer e ressaltou que a universal está presente em quase todo o mundo. Ao final da sessão, 17 grupos receberam diplomas em agradecimento pelo serviço prestado a sociedade.

Pastor Miguel França, Coordenador da Igreja universal, durante o discurso

Você pode Gostar de:

Reflexões e homenagens dão o tom na sessão alusiva ao Dia da Consciência Negra

Muito além de uma comemoração oficial a sessão especial em homenagem ao Dia Nacional da …

One comment

  1. O Estado é Laico.
    Não deveria acontecer isso.

Skip to content