quarta-feira ,1 abril 2020
Home / Notícias / Restaurantes e lanchonetes serão obrigados a disponibilizar produtos dietéticos

Restaurantes e lanchonetes serão obrigados a disponibilizar produtos dietéticos

O autor do projeto, Professor elias.

O Brasil é o quarto país com maior número de diabéticos no mundo, segundo a Federação Internacional de Diabéticos. São 12,5 milhões de pessoas atingidas pela epidemia que afeta o país há 20 anos e o número só cresce. Pensando nisso, um projeto de lei de autoria do vereador Professor Elias (PTN) foi aprovado nesta segunda-feira, 16.  Restaurantes, bares, lanchonetes e qualquer lugar que possua serviço de alimentação serão obrigados a disponibilizar produtos dietéticos, na forma granulada ou líquida, como opção àqueles que são portadores de síndromes do diabetes e não podem ingerir açúcares comuns.

Ao justifica o projeto, o parlamentar informou que é diabético há 20 anos, que tem um histórico familiar de portadores da doença e que sente a necessidade de conscientizar os restaurantes da cidade, visto que o diabetes é uma doença grave e silenciosa que pode acarretar sérias consequências. “Hábitos simples podem ajudar o paciente a conviver com o problema, e a ter uma vida saudável. Com o projeto, podemos estimular uma mudança de costume e propor qualidade no atendimento de estabelecimentos locais”, disse o vereador.

De acordo com o projeto, os frascos ou sachês com o produto deverão estar disponíveis sobre as mesas ou balcões de atendimento ao alcance dos clientes. O não cumprimento da lei incorrerá em notificação aos proprietários de estabelecimentos. No caso de reincidência, a multa pecuniária será no valor de um salário mínimo ou fechamento do local pelo período de uma semana. No caso de segunda reincidência, cassação do alvará de funcionamento.

Você pode Gostar de:

Câmara suspende as sessões ordinárias até o dia 30 de abril com novo ato da mesa diretora

ATO DA COMISSÃO EXECUTIVA Nº 0556/2020, DE 23 DE MARÇO DE 2020 DISPÕE SOBRE OS …

Skip to content